Meu eu persistente

Sou composto por fragmentos e indiferenças,

persistentes silêncios trilhando meus passos,

em meus solilóquios, em minhas tristezas.

Esvazio-me de meus momentos dissonantes,

de minhas incertezas, me contento com pouco,

com pequenos instantes e minhas recordações.

Nem mais nem menos! Sou assim e quem não o é?

Na composição da minha vida, nesses tempos, sonho!

3 Me gusta

Me encanta!!